Direção Segura autua 101 motoristas em seis cidades paulistas.

Direcao Segura

Blitze aconteceram entre a noite de sexta (4) e a noite de domingo (6); ação coordenada pelo Detran.SP busca a redução de acidentes e mortes no trânsito

Com informações do Portal do Governo do Estado

O Programa Direção Segura, ação coordenada pelo Detran.SP que busca a prevenção e redução de acidentes e mortes no trânsito causados pelo consumo de álcool, flagrou 101 pessoas tentando burlar a lei em seis cidades do Estado entre a noite de sexta-feira (4) e a noite de domingo (6).

A operação, que aconteceu na zona norte da capital e nos municípios de Araraquara, Rio Claro, São José do Rio Preto, Serrana e Suzano, realizou 911 testes do etilômetro (bafômetro).

Do total, 69 condutores foram autuados por embriaguez ao volante e terão de pagar multa no valor de R$ 1.915,40 e responder a processo administrativo junto ao Detran.SP que busca suspender o direito de dirigir por 12 meses.

Catorze destes motoristas, além das penalidades acima, responderão na Justiça por crime de trânsito. Eles apresentaram índice a partir de 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido no teste do etilômetro. Se condenados, poderão cumprir de seis meses a três anos de prisão, conforme prevê a Lei Seca, também conhecida como “tolerância zero”.

Outros 32 condutores foram autuados de acordo com o artigo 277 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) por terem se recusado a realizar o teste do etilômetro. Eles também pagarão multa e responderão a processo administrativo.

O programa envolve a ação integrada de equipes do Detran.SP, das polícias Militar, Civil e Técnico-Científica, e do Corpo de Bombeiros. Pela Lei Seca (lei 12.760/2012), todos os motoristas flagrados em fiscalizações têm direito a ampla defesa, até que a CNH seja efetivamente suspensa. Se o condutor voltar a cometer a mesma infração dentro de 12 meses, o valor da multa será dobrado.