Campanha “Vou de Cinto” conscientizou quase 5 mil passageiros na via Dutra em 2015

campanha vou de cinto

Em oito edições realizadas, a ação de conscientização sobre a importância do uso do cinto de segurança em ônibus conseguiu conscientizar mais de 4,5 mil passageiros de aproximadamente cem ônibus ao longo da via Dutra.

A CCR NovaDutra, por meio do Programa Estrada Sustentável, em parceria com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), encerrou o ano de 2015 com números positivos de participações no ‘Vou de Cinto’.

As atividades têm como objetivo oferecer orientações sobre o equipamento e a importância do uso do cinto para a preservação da vida.

A gestora de Relações Institucionais e Sustentabilidade da CCR NovaDutra, Carla Fornasaro, ressalta a importância da conscientização. “A conscientização é a grande parceira da segurança viária. Quanto mais motoristas e passageiros conscientes, mais proporcionamos uma viagem tranquila aos nossos usuários. O uso de cinto segurança é exemplo disso. Ele é um item de segurança primordial e deve ser utilizado independente do assento que a pessoa ocupa e em qualquer veículo”, salienta Carla.

Segundo dados o Ministério da Saúde, apenas 50,2% da população têm o hábito de utilizar o cinto de segurança no banco traseiro de veículos de passeio ou em transportes coletivos.

Esses números são alarmantes e, para ajudar a reverter esta estatística, a CCR NovaDutra, por meio do Programa Estrada Sustentável, em parceria com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), realiza a campanha ‘Vou de Cinto’.

Lançado durante a Rio+20 (Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável), em 2012, o Programa Estrada Sustentável tem o desafio de reunir os diversos públicos que interagem com a rodovia: municípios, empresas, terceiro setor, setor acadêmico, governos e órgão públicos.

O objetivo é que todos, juntos, possam dialogar e promover ações de desenvolvimento sustentável nas cidades às margens da via Dutra, e na rodovia, principal eixo que liga as duas maiores economias do Brasil: Rio de Janeiro e São Paulo.

O programa trabalha sete temas: Segurança Viária, Educação, Resíduos, Mobilidade, Infraestrutura Verde, Empreendedorismo, e Saúde e Segurança Alimentar.

Fonte: Portal Surgiu

.