Caminhoneiros organizam paralisação em todo o Brasil: na pauta a redução de 40% no valor do diesel

Caminhoneiros

Os caminhoneiros centralizados no que eles chamam de Comando Nacional do Transporte anunciam uma nova onda de paralisações, prevista para iniciar em 11/03/2016, em todo o Brasil.

As últimas paralisações, apesar de toda a resistência, foram, literalmente aniquiladas pelo regime Dilma Rousseff (PT), a qual mudou a lei por decreto para multar pesadamente quem realizasse paralisações nas rodovias federais. Isso, resultou na capitulação dos caminhoneiros.

Desta vez, os caminhoneiros mudam o discurso, evitando bater de frente com Dilma, e em nota, anunciam que a paralisação terá como foco os seguintes pontos:

– Redução do óleo diesel em 40%;

– Aposentadoria para motorista com 25 anos de trabalho;

– Criação da JUSTIÇA DO TRANSPORTE para fazer cumprir TODAS as leis que nos beneficiam, impondo sanções para o descumprimento, ex: Lei da estadia e do Vale pedágio não existe MULTA para quem não paga;

– Piso salarial nacional para empregados;

– Criar condições iguais entre autônomos e empresas; Ex: Em alguns estados as empresas se negam a carregar autônomos, caso de 80% das empresas do MT, possibilidade do autônomo fornecer nota fiscal e fazer seguro de carga avulso;

– Valorizar e pulverizar a PRF, abrindo novos postos para aumentar a segurança nas rodovias;

– Apoiamos a aplicação da lei da jornada de trabalho para TODOS, pelo menos por seis meses, acreditamos que devemos tentar, e essa pode ser a forma de fazer os fretes valorizarem;

Entendemos que existem muitas outras demandas e somos cientes, só que não podemos postar todas aqui pois daria uma bíblia…salientamos ainda que não temos a MÍNIMA esperança que o atual governo ou as autoridades tenham vontade de nos atender, tendo como base a paralisação de Março de 2015 onde conseguimos entregar uma pauta com 8 itens.

Desta pauta os únicos itens parcialmente atendidos foram o refinanciamento(que pouquíssimos conseguiram) e a criação do Fórum Permanente do Transporte onde não foi sequer cogitado o nome do líder da época para fazer parte ou alguém por ele indicado e que até o momento não funcionou, não há conquistas por parte do fórum a serem comemoradas.

O fato é que ultimamente, devido a um certo cansaço, descrença e até negação de suas próprias forças, a maioria da grande massa, não tem participado dos protestos e dos movimentos pela saída do desgoverno ladrão, que o diga as multidões que esqueceram o desastre que é o Brasil atualmente para pular carnaval.

Contudo, espera-se que com novos protestos, mais focados, mais estratégicos e mais amplos em 2016, o povo que já está ferrado 24 horas por dia, e parece não ligar muito, participe e mude o Brasil de fato e de direito. A esperança é a última que morre.

Fonte: Fatima News