Então é isso? Diretor da Uber é sobrinho de Haddad, prefeito de SP

A Prefeitura de São Paulo confirmou a autenticidade de denúncia divulgada na manhã desta quarta-feira, 4, sobre o prefeito Fernando Haddad (PT) ser tio de um dos diretores da Uber. A acusação é do Simtetaxi, sindicado de funcionários das grandes empresas de frota de táxi da cidade.

Guilherme Haddad Nazar é sobrinho do prefeito. Haddad vem enfrentando forte oposição de parte dos vereadores e de taxistas porque vem afirmando que, caso projeto de lei que libera o aplicativo, de autoria do vereador José Police Neto (PSD), não seja aprovado, irá regulamentar o aplicativo na cidade por meio de decreto.

Desde a noite de terça, taxistas já trocavam mensagens de áudio pelo WhatsApp questionando o parentesco do prefeito com o diretor da empresa, apresentado como “presidente operacional” na gravação, e cobrando providências.

Haddad foi questionado durante agenda na manhã desta quarta sobre o parentesco e o eventual conflito de interesses em apoiar a liberação do aplicativo. Eles se esquivou de comentar o conflito. Preferiu destacar que já sancionou, no ano passado, lei que proíbe o que chamou de “liberou geral” dos aplicativos.

“Esse tipo de ataque pessoal não vai prosperar. Tiveram na frente da minha casa, fazendo buzinaço, eu sempre os recebi com a maior educação. Se eles tiverem qualquer denúncia a fazer, tragam a meu conhecimento. Se tiver qualquer irregularidade, temos toda a disposição de atendê-los. As portas do meu gabinete estão abertas. Agora, não tem cabimento esse tipo de coisa na rua”, disse Haddad.

“A proibição foi sancionada por mim no ano passado. Agora, estamos buscando entendimento. Nos esforçamos ao máximo para buscar conciliação”, disse Haddad.

A previsão é que o projeto de lei que libere o aplicativo seja votado nesta quarta. Na semana passada, com taxistas sitiando a Câmara Municipal, o projeto não tramitou por falta de quórum.

Por meio de nota, a Uber classificou como “incorreto e injusto” dizer que a presença de Guilherme na equipe da empresa tem qualquer relação com seu parentesco com Haddad.

“Na Uber, contratamos os melhores profissionais com as melhores qualificações para o trabalho. Guilherme Nazar é extremamente talentoso e acredita em nossa missão de oferecer transporte acessível como água corrente à todos. Esse é o motivo pelo qual o contratamos. Sugerir qualquer outra coisa é incorreto e injusto”, diz o texto. Em seu site, a empresa informa operar em 15 regiões metropolitanas do País.

Embora esteja presente em várias regiões, é na cidade de São Paulo que o aplicativo vem recebendo melhor tratamento por parte da gestão pública, tanto que há tentativa na Prefeitura de regularizá-lo.

Percebendo a aceitabilidade que o app vem recebendo da gestão municipal, os taxistas de diversas cidades metropolitanas das regiões Sul e Sudeste vieram em comboio para a cidade de São Paulo na semana passada, para engrossar o grupo de manifestantes de São Paulo no protesto que fizeram em frente à Câmara.

Por Antonio Félix
Com informações de Estadão