ARTESUL recebe novamente o prêmio de melhor Associação… E a verdade que você não conhece sobre a isenção de IPVA

Em evento realizado ontem, 19 de julho, no Círculo Militar de São Paulo, a ARTESUL recebeu novamente a premiação como destaque nacional na categoria associação de transporte escolar.

A honraria é ofertada àqueles que recebem reconhecimento nacional por meio do prêmio Excelência e Qualidade Brasil, promovido pela Associação Brasileira de Liderança, Braslíder.

A entidade coroa os homenageados que se destacam em seus segmentos de atuação, considerando sua responsabilidade social e capacidade de empreender, avaliando a excelência dos trabalhos realizados, em agradecimento pelo brilhante serviço que prestam à sociedade.

A premiação realizada no último dia 19 de julho teve sua 7ª edição, onde são escolhidos e premiados 50 representantes de várias categorias, sejam eles pessoas que individualmente se destacam, empresas ou entidades associativas, das mais variadas regiões do país, do norte ao sul.

Na 6ª edição realizada em novembro de 2015, a Associação foi reconhecida pela primeira vez, sendo novamente agraciada com a honraria nesta edição atual.

Para a ARTESUL, liderar não significa ter pessoas sobre seu mando ou gerência, mas prover um significado ao trabalho que faça valer a pena o engajamento das pessoas, um significado que ajuda a sensação de pertencer e que conceda a chance de participar, com o seu próprio trabalho e esforço, na construção de algo que valha a pena engajar sua vida.

E sentir esse significado não tem preço, pois embora a sensação de comando do destino seja a maior das emoções do líder, existem outras formas mais reais e expressas de retribuição que não são pagas em dinheiro, mas em gratificação emocional, na forma de reconhecimento, elogios, abraços, homenagens e honrarias.

Principalmente porquê, fosse tal significado demonstrado em dinheiro, todo o fenômeno da liderança seria destruído, pois estaria sendo extraído dele, sua mais importante característica: a recompensa espiritual.

Os líderes são geralmente lembrados pelo que fizeram de eterno, pelo sacrifício pessoal feito no dia-a-dia na batalha pelo seus ideais, e deles não abrindo mão sob hipótese alguma, sobretudo abrindo mão de recompensas pagas para recolher sua maior recompensa, a espiritual.

É este o significado que a ARTESUL tem em não apenas representar os seus associados, mas em lutar por melhorias no transporte escolar que venham a favorecer a todos, independentemente de serem associados dela ou não, de serem “adversários” ideológicos ou não.

Nossa maior recompensa espiritual foi recebida no início de 2009, quando esta Associação deu o passo inicial para que a isenção de IPVA fosse conseguida para os transportadores escolares de todo o Estado.

Na época, o associado Paulo Sérgio dos Santos ao fazer o seguro de seu veículo no final de 2008, tomou conhecimento de uma possibilidade de isenção, trouxe-a até nós e falou “Trouxe essa informação para vocês verificarem se o escolar tem direito à isenção de IPVA e espero que tenha porquê vai ser bom pra todo mundo”. E as palavras são as mesmas que recebemos, mérito inteiramente dele ao pronuncia-las.

Como nossa Associação tem na figura de seu presidente um contador que exerce a atividade há mais de 30 anos, foi feita a análise da lei e verificada uma boa possibilidade de êxito, iniciamos os pedidos junto à Secretaria Estadual de Fazenda e aguardamos o resultado.

Logo que foram deferidos os primeiros pedidos de isenção, demos conhecimento público através de nosso Portal Escolarweb, para que todos os transportadores escolares pudessem se beneficiar. Não houve sentimento de posse ou propriedade, nunca até o momento reinvindicamos para a ARTESUL o mérito desta conquista, e até mesmo poucos conhecem essa verdade, que pode ser validada tanto testemunhalmente como por documentos.

Na época, houve tanta demanda de condutores solicitando a isenção do IPVA que a ARTESUL teve que remunerar pessoal extra para dar conta do número de solicitações e, como é óbvio e conhecido, fez a cobrança de uma taxa pela preparação dos documentos de pedido de isenção dos condutores alheios ao seu quadro.

A Associação não deixou de atender nenhum condutor, tanto pessoalmente quanto por telefone, sendo que algumas entidades de transporte escolar de cidades do interior foram não somente orientadas por telefone, como tiveram o envio de documentos via e-mail.

Depois de algum tempo o processo foi inteiramente aberto pela Secretaria Estadual de Fazenda e todos os transportadores escolares buscam dele se beneficiar até hoje, sendo inclusive ainda orientados gratuitamente pelo mesmo Portal Escolarweb quanto ao preenchimento do formulário e dos documentos necessários. Se você nunca acessou, acesse AQUI.

O que nos deixou perplexos foi um processo movido pelo sindicato do transporte escolar de São Paulo (simetesp), alegando que os condutores escolares estavam sendo prejudicados e solicitando punição à ARTESUL e ao Portal Escolarweb (conforme pode ser visualizado por todos AQUI); quando sua atitude mais correta teria sido a busca pela veracidade dos fatos e o apoio à uma medida que estava beneficiando aos associados que ele representa.

Embora sabedores deste processo movido pelo Sindicato, recebemos a documentação dos condutores escolares de sua empresa TRANSBRAT e, quando poderíamos simplesmente ter devolvido sem fazê-la, efetuamos a preparação da documentação de solicitação de isenção de todos os condutores da TRANSBRAT que nos procuraram.

Porém, mais perplexos ainda ficamos ao nos deparar com um post nas mídias sociais solicitando pra si, simetesp, graficamente e literalmente assim minúsculo mesmo, a honra de ter o dia 1 de julho como sendo o dia do transportador escolar motivada por uma passeata supostamente convocada pelo mesmo no ano de 2004, de onde saíram com a isenção do IPVA. Confira o post publicado AQUI.

Pois bem, estes são nossos méritos, nossas conquistas, nossas pedras no caminho, nossa recompensa espiritual. E embora o momento seja de comemoração e reconhecimento pela honraria recebida, resolvemos descrever aqui estes fatos para dar um exemplo às demais entidades de como deve se portar um verdadeiro líder.

Nada temos contra nenhuma entidade, desde que o ideal buscado seja a melhoria para o transporte escolar. Sempre estivemos e estaremos abertos a todos que tiverem isso como concepção, seja individualmente seja através de alguma representação jurídica, e até apoiamos e damos consultoria às entidades que buscam abertura  e regularização jurídica. Acreditamos na multiplicidade para conseguirmos melhorias.

E parafraseando Peter Drucker, grande guru da Administração: “O líder eficaz não é alguém amado e admirado. É alguém cujos seguidores fazem as coisas certas. Popularidade não é liderança. Resultados sim!”

Por Antonio Félix