CVT marca audiência para discussão da obrigatoriedade das cadeirinhas nos veículos escolares

A audiência foi solicitada por deputados federais e entidades representativas do transporte escolar, além de entidades que defendem o uso do acessório, como a ONG Criança Segura.

A data agendada para realização da audiência pública na CVT (Comissão de Viação e Transportes) é em 30 de agosto, às 10h da manhã, em local ainda a ser definido.

O objetivo é discutir a viabilidade de utilização do dispositivo de retenção para transporte de crianças em veículos de transporte escolar.

O agendamento da audiência é fruto dos requerimentos de n° 141/2016, do DeputadO Hugo Leal (CVT), nº 158/2016, do Deputado Arnaldo Faria de Sá (via CVT) e nº 207/2016, do mesmo deputado (via CE, Comissao de Educação).

Até o momento, estão inscritos os seguintes convidados:
– Diretor do Departamento Nacional de Trânsito e Presidente do Conselho Nacional de Trânsito;

– JEFFERSON APARECIDO DIAS – Procurador da República da Procuradoria da República em Marília;

– GABRIELA FREITAS – Coordenadora Nacional da ONG Criança Segura Safe Kids Brasil;

– Professor Dr. FLÁVIO EMIR ADURA – Diretor Científico da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego – ABRAMET;

– DONAY JACINTHO DA SILVA NETO – Diretor da Federação Nacional de Transportes de Escolares – FENATRESC;

– ANTÔNIO CARLOS BOTELHO MAGELA – Presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores – ANFAVEA;

– LUÍS FERNANDO PANELLI CESAR – Presidente do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia – INMETRO;

– Associação Extremo Sul transporte escolar da cidade de São Paulo; e

– Associação de Mães do Jr Angela.

Vários condutores escolares de todo o país estavam apenas aguardando a confirmação dessa data de audiência para iniciarem sua mobilização.

Há a perspectiva de participação de outros representantes dos transportadores escolares, que com certeza farão sua inscrição através do intermédio de outros deputados membros da CVT ou da CE.

Além da mobilização de lideranças para participação direta na audiência pública, há perspectiva de mobilização para manifestação em Brasília no mesmo dia, tanto por condutores escolares da cidade quanto por condutores vindo de outras regiões, especialmente dos Estados de São Paulo e Minas Gerais, que são mais próximos e possuem maior mobilização.

Por Antonio Félix