Multa para transporte clandestino é de R$ 2,5 mil em Salvador

Além da multa de 2,5 mil reais, também serão cobrados até R$ 350,00 por cada diária em que o veículo permanecer no pátio.

A determinação começa a valer a partir de hoje (4), com a publicação da norma no Diário Oficial do Município. Em caso de reincidência, será cobrado o dobro do valor da multa.

De acordo com o secretário de Mobilidade (Semob), Fábio Mota, apenas estão autorizados a transportar pessoas em Salvador ônibus que fazem parte do Sistema de Transporte Público e do sistema auxiliar, transporte escolar, transporte turístico e táxi. “Qualquer outro que esteja transportando pessoas na cidade é transporte clandestino”, resumiu.

Os proprietários de veículos que forem flagrados transportando pessoas clandestinamente serão multados em 2,5 mil reais. A medida afeta, inclusive, veículos cadastrados no aplicativo Uber.

Além disso, as multas variam de R$ 250 e R$ 350 por cada diária no pátio da Transalvador.

A fiscalização é de responsabilidade da pasta e pode ser feita em parceria com as polícias Civil e Militar. Até então, segundo dados da Semob, já foram apreendidos 400 veículos entre vans, ônibus e carros do aplicativo Uber sob acusação de transportar pessoas clandestinamente.

Com informações de Click Notícias