Motoristas do transporte escolar fazem gratuitamente curso de capacitação de 160h/aula

capacitacao270916

Durante a capacitação, foram abordadas temáticas como a ética profissional em como atender bem as crianças, além de noções da legislação pertinente ao transporte escolar e devidos cuidados com o veículo.

Na manhã desta segunda-feira (26), os motoristas do transporte escolar de Gaúcha do Norte receberam o certificado do curso de capacitação realizado de 16 de dezembro de 2015 a cinco de fevereiro de 2016. No período, um total de 160 horas/aula foram ministradas a treze profissionais.

O curso foi desenvolvido pela Escola Técnica Estadual de Rondonópolis através do PRONATEC (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego), e possibilitou um grande avanço para a classe.

Segundo o diretor da escola técnica, Walmor Gonçalves Miranda, o governo do Estado está preocupado com a qualificação da mão de obra, ou seja, com o atendimento à população.

“Nesse curso de motorista escolar o foco é o atendimento as crianças que utilizam o transporte; assim, o investimento destinado a todos os municípios de Mato Grosso é para qualificar esses motoristas e assim melhorar a qualidade do transporte escolar”.

“Se as crianças forem mal transportadas terão deficiência no aprendizado, com a melhoria no transporte escolar isso vai influenciar na qualidade do atendimento, do aprendizado desse aluno”, finalizou o diretor.

A secretária de Educação, Andrea Moreno Fernandes, avalia como um grande progresso a realização desse curso para os motoristas e a devida necessidade em atender bem a demanda local, uma vez que todos os percursos são de estrada de chão.

Os motoristas ficaram satisfeitos com o incentivo, “o curso foi bastante produtivo, e o que aprendemos temos colocado em prática para contribuir para um transporte escolar de qualidade em nosso município”, disse Luiz Carlos Cruz, motorista escolar há dois anos.

A certificação entregue aos motoristas tem validade nacional. Para se ter uma noção da amplitude do curso aplicado, o curso obrigatório exigido por lei para o trabalho com passageiros em veículos escolares é de apenas 50h/aula. (nota nossa)

Com informações de Gaucha News