Primeiro mundo? Criança morre esquecida em van escolar clandestina na Flórida, nos EUA

crianca_crecheeua

A morte de crianças esquecidas em veículos já é a quinta deste ano na Flórida e a 33a em todo o país. A família não sabia que a van escolar da creche era clandestina.

A criança morreu após permanecer por cerca de seis horas dentro de uma van escolar de uma creche em Miami. Angel Gabriel Matute-Chavez, de dois anos, foi encontrado inconsciente dentro de uma van estacionada na creche Miami’s Vision for Life Academy, na tarde de quarta, 28, disse a polícia.

Ao limpar a van, por volta de 16h, um funcionário da creche encontrou a criança inconsciente. O capitão do Miami Department of Fire-Rescue, Ignatius Carroll, disse que os paramédicos realizaram os primeiros socorros no garoto e levaram-no para a unidade de pediatria do Jackson Memorial Hospital, porém, a criança foi declarada morta ao chegar ao hospital.

De acordo com as autoridades, o motorista contou que pegou a criança na quarta, 28, de manhã e admitiu que, após deixar as crianças na escola, foi apressado para o centro porque estava atrasado para uma reunião. Um outro funcionário ficou encarregado de verificar e conduzir as crianças para dentro da escola.

Após o início da apuração, a polícia descobriu que a van da creche não está registrada para o transporte de crianças, conforme exige a legislação estadual. Tal fato era desconhecido pela família da criança.

De acordo com uma pesquisa sobre mortes por insolação de crianças em automóveis feito pelo meteorologista Jan Null, da San Jose State University, Angel foi a quinta fatalidade desse tipo na Flórida esse ano e a 33ª, em todo o país. No ano passado, foram registrados quatro e 24 casos, respectivamente.

Detetives do departamento de homicídio da polícia de Miami ainda estão investigando o caso e apontam uma provável acusação de homicídio ao motorista – enquanto aguardam os resultados de uma autópsia.

Com informações de Miami Herald