PRF inicia Operação Rodovida que integra 50 mil agentes e intensifica policiamento nas rodovias

prf_rodovidaOs Estados de Minas Gerais e Espírito Santo possui os trechos com maior incidência de acidentes graves com vítimas fatais, mas em praticamente todos os Estados há um trecho crítico.

A ação é desenvolvida em parceria com estados e municípios e teve início na última sexta-feira (16) e segue até o último dia do ano.

A Operação Integrada Rodovida, da PRF (Polícia Rodoviária Federal), vai reforçar a fiscalização em rodovias de todo o país entre esta sexta-feira (16) e o dia 31 de janeiro, período em que aumenta o fluxo de veículos nas estradas em razão das festas de fim de ano e do período de férias.

Nas BRs, a PRF mapeou 100 trechos críticos, com maior incidência de acidentes graves (com mortes ou vítimas gravemente feridas), localizados em 17 estados, que deverão receber atenção especial.

Mas a ação, por ser integrada com outros órgãos da União, de estados e de municípios, também contará com reforço em vias sob gestão dos governos locais. A estimativa é que, ao todo, cerca de 50 mil agentes públicos se envolvam na Rodovida em todo o país.

integracao_prf

Os principais alvos da fiscalização serão alcoolemia, motocicletas, velocidade e ultrapassagem – que estão presentes em 70% dos acidentes graves – uso do cinto e de dispositivos de segurança para crianças.

A segunda etapa da Operação Rodovida ocorrerá entre 17 de fevereiro e 5 de março, em razão do Carnaval.

No mapeamento divulgado pela PRF quando do lançamento da ação, exibindo-se os dados da última ação entre 2015/2016, são mostrados os 100 trechos de rodovidas nacionais com maior incidência de acidentes com vítimas fatais.

Dentre os 100 trechos mais críticos, destaca-se o Estado de Minas Gerais com maior quantidade de trechos, especialmente entre os 20 trechos mais perigosos, destacam-se os Estados do Espírito Santo, Minas Gerais e Santa Catarina, conforme figura abaixo:

20_br_acidentes
O Estado de São Paulo possui apenas 3 trechos entre os 100 críticos, especificamente nas posições 22, 55 e 73, e todos eles na BR-116, entre os quilômetros 210 e 280, conforme abaixo:

20_br_acidentessp
Para análise detalhada e visualização de todo o relatório da PRF, clique AQUI.

Por Antonio Félix
Com informações da PRF