Melhor fiscalização nas escolas? Guarda Civil (GCM) de SP é direcionada a fiscalizar e multar apenas em frente às escolas

Os guarda-civis metropolitanos de São Paulo só podem fiscalizar veículos e aplicar multas em frente a escolas municipais onde fazem rondas. No restante da cidade, estão proibidos de autuar infratores desde o dia 13 de março.

No mês passado, o comando da GCM (Guarda Civil Metropolitana) enviou um comunicado aos agentes em que afirma que as “atividades de autuação de trânsito estão provisoriamente suspensas’.

De acordom com o comunicado, a suspensão se deu para a reestruturação e criação da “Seção Administrativa de Recursos e Meios de Trânsitos da GCM” e o “alinhamento das novas posturas e orientações sobre procedimentos a serem adotados na fiscalização de trânsito”.



A exceção é o entorno das escolas municipais, onde os guardas continuam tendo o dever de aplicar multas “em caso de situações de risco e infrações cometidas”.

Mesmo com as multas suspensas na maior parte da cidade, pelo menos 127 novos agentes foram credenciados pela gestão Dória para exercer a fiscalização dos veículos, sendo 29 novos somente nesta semana.

A prefeitura não informa até quando a suspensão das multas pelos GCM´s vai durar, afirmando que os novos guarda-civis credenciados para multar vão trabalhar na segurança das escolas públicas da capital e só deverão emitir os autos de infração de trânsito nesses locais.

Com informações do Jornal Agora e da Folha de S.Paulo