Polícia Rodoviária Federal flagra ônibus escolar de prefeitura com 30 passageiros excedentes

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou no fim da tarde de terça-feira(23), no Km 198 da BR 316, um ônibus escolar com cerca de 30 passageiros excedentes. Além de exceder a sua capacidade máxima de lotação, o veículo possuía diversas irregularidades e seu motorista não estava apto para realizar o transporte de passageiros.

A abordagem aconteceu no trecho da BR 316, em Maribondo, no Estado de Alagoas. Os policiais avistaram o ônibus escolar em mau estado de conservação e decidiram pará-lo. Para surpresa deles, havia cerca de 30 alunos sendo transportados em pé no coletivo, mais 42 alunos sentados, sem fazer uso do cinto de segurança.

O veículo, que pertence à Prefeitura de Maribondo, havia pego os estudantes em diversas escolas da cidade e estava levando-os para a zona rural da região.

O motorista, de 42 anos, não possuía o curso de especialização para transporte coletivo de passageiros, obrigatório para aqueles que dirigem transporte escolar. Além disso o ônibus apresentava diversas irregularidades: lâmpadas queimadas, sinalização traseira ineficiente, placa traseira ilegível e não possuía tacógrafo. Nem mesmo os limpadores do para-brisa funcionavam, apesar do tempo chuvoso. Foi necessário vir outro ônibus da prefeitura para fazer o transbordo dos passageiros excedentes.

A PRF recolheu o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), dando um prazo para regularização dos problemas apresentados, e fez as autuações devidas. Enquanto o motorista não apresentar na Unidade Operacional da PRF os ajustes feitos no ônibus, o veículo não poderá transitar pelas rodovias federais.

Com informações da ASCOM/PRF-AL