Transporte escolar gratuito (TEG) foi tema de debate ontem em audiência da Comissão de Trânsito da Câmara de SP

A Comissão de Trânsito e Transporte da Câmara recebeu nesta quarta-feira (29/11) Fátima Cristina Abrão, diretora da Divisão de Demanda Escolar. A profissional deu explicações sobre o transporte escolar gratuito, oferecido pela Prefeitura.

Segundo ela, neste período de matrícula, está sendo feito um remanejamento. Algumas crianças terão a opção de estudar perto de casa. Se os pais não aceitarem, vão arcar com o transporte.

“É importante lembrar que os alunos são atendidos por distância. Nós oferecemos o transporte porque no momento da matrícula não temos uma vaga próximo da residência. Então, nós colocamos esse aluno longe. Aí cabe a nós pagar esse transporte, porque é uma opção da Prefeitura.”

Os vereadores não ficaram satisfeitos com as respostas e informaram que vão marcar uma reunião com o secretário de Educação, Alexandre Schneider.

“O que ficou mais confuso é quando são duas crianças no mesmo endereço e uma é transportada e a outra não”, disse o presidente da Comissão, vereador Senival Moura (PT).

Os transportadores participaram da reunião e mostraram-se preocupados. Rafael Cadamuro disse que os transportadores não sabem se no próximo ano terão crianças para transportar. “Até o presente momento, a Secretaria não nos posicionou sobre o que vai acontecer no ano que vem.”

“O desemprego é certo se não tiver mudança,” afirmou Ronaldo de Jesus Matos, diretor da Cooperativa de Transporte Escolar.

O vereador Adilson Amadeu (PTB), vice-presidente da Comissão de Trânsito, disse que se os transportadores não tiverem uma resposta até o dia 20 de dezembro, ele vai entrar com uma representação no Ministério Público.

“Não tendo solução da Secretaria da Educação, eu simplesmente vou fazer um documento baseado em tudo que os condutores escolares estão falando e vou entrar no Ministério Público. Um absurdo. Se nos outros anos as coisas andaram, por que neste ano não está andando?”

Com informações da Câmara de São Paulo