Ex-vereador usa irregularmente veículo escolar de prefeitura para levar amigos a casamento da filha

Um ex-vereador de Dom Basílio, na Bahia, foi denunciado pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) por uso irregular do transporte escolar do município. Segundo a denúncia, ele transportou convidados do casamento da filha dele em um ônibus escolar.

De acordo com o promotor do MP-BA, Millen de Moura, o ex-prefeito da cidade, João Dias Pereira, também foi denunciado por ter liberado a utilização do veículo. A dupla terá de pagar uma multa no valor total de cerca de R$ 2 mil.

A denúncia foi feita pelo Sindicato dos Servidores e Servidoras Públicas Municipais de Dom Basílio [Sindservdb]. Funcionários do local viram o ônibus estacionado em frente à igreja, segundo Millen.

O ex-vereador e o ex-prefeito confirmaram o uso indevido do transporte escolar.

“O ex-vereador disse que, como ele pagou a gasolina, não via problema em utilizar o veículo, já que o casamento foi em um final de semana e não atrapalharia o transporte dos estudantes”, disse o promotor, de acordo com o G1.

Vilson Neves dos Santos se comprometeu a devolver à prefeitura o valor de R$ 294 relativo à quilometragem percorrida pelo ônibus escolar, mais uma multa de R$ 601,20, o que corresponde a 10% do salário que ele recebia como vereador, que era de R$ 6.012.

João Dias Pereira terá de pagar uma multa de R$1.300, equivalente a 10% da remuneração dele quando era prefeito, que era de R$ 13 mil.

O termo foi publicado no Diário da Justiça da Bahia na quarta-feira (9). Se as multas não forem pagas num prazo de 30 dias, eles podem ser acionados por improbidade administrativa. O valor será revertido para o Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Dom Basílio.

Com informações do Notícias ao Minuto