‘Tia da van’, a monitora Drik Barbosa, hoje cantora, se prepara para turnê na Europa

Após trabalhar como monitora de transporte escolar, ela desponta no cenário do rap e R&B cantando sobre feminismo.

A cantora Drik Barbosa encara sua primeira turnê internacional entre esta quarta (4) e segunda (9), com três shows em Portugal e na Espanha.

“Será minha primeira viagem para fora do país”, comemora a artista, de 26 anos, que até 2016 trabalhava como monitora de transporte escolar do Colégio Arquidiocesano, na Zona Sul.

“Eu era a ‘tia da van’.” Hoje, Drik desponta no cenário do rap e R&B com letras sobre feminismo e autoestima.

Ela faz em média sete shows por mês (foi alavancada também por participar de apresentações de Emicida) e cobra um cachê de no mínimo 4 000 reais. “Ajudo em casa”, conta ela, que vive com os pais e duas irmãs na Vila Mariana.

Compositora desde os 14 anos, Drik Barbosa ganhou certa visibilidade a partir de participações em duas músicas gravadas por Emicida, Aos olhos de uma criança – tema da trilha sonora do filme de animação O menino e o mundo – e Mandume (2015), música do mais recente álbum solo de estúdio do rapper paulistano, Sobre crianças, quadris, pesadelos e lições de casa (2015).

Além dessas duas participações, Drik também foi convidada pelo rapper para integrar o elenco da gravação de Avuá, música composta e registrada por Emicida para a trilha sonora de desfile de coleção de roupas da edição de 2017 da São Paulo Fashion Week.

Enquanto desenvolve a carreira solo, Drik se mantém como integrante do coletivo feminino Rimas & melodias, grupo que reúne sete mulheres (entre DJs, cantoras e MC’s) e cujo primeiro disco foi lançado em setembro de 2017. Aliás, a agenda de shows de Drik concilia apresentações com o grupo e performances individuais.

Confira alguns dos sucessos da cantora no youtube:

 

 

 

Com informações de Veja São Paulo e G1