Fiscalização do Detran mira em transportes escolares

Com a volta às aulas, os pais devem ficar atentos à escolha do transporte escolar ideal para seus filhos. De acordo com o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF), ao menos cinco veículos da categoria são autuados por mês. A principal infração é a falta de licença para exercer o trabalho.

Os veículos, destinados a este tipo de função remunerada, passam por vistorias semestrais. Desta forma, a orientação é que os pais voltem a checar se o transporte escolar contratado possui autorização. Uma lista com todos os veículos que possuem a permissão pode ser encontrada no site do Detran-DF.

Outra dica é se atentar a formação do motorista. Apenas condutores das categorias D ou E podem operar esse tipo de serviço. Além disso, eles são obrigados a fazer o curso específico de transporte escolar. Essa informação fica registrada na habilitação.

Estima-se que 4.500 veículos atuem como transporte escolar no Distrito Federal. Segundo o departamento, aproximadamente, 30 vistorias são realizadas diariamente. Os critérios de avaliação do órgão baseiam-se em segurança, conforto e higiene.

O condutor que for pego sem autorização está sujeito a multa com fator multiplicador cinco, totalizando R$ 1.467. Além de ter o veículo removido ao depósito e o registro de sete pontos na CNH.

Com informações de O Destak