Cinco motoristas irregulares de van escolar vão parar na delegacia

Os motoristas foram detidos em blitz que abordou 91 veículos, sendo que 18 estavam irregulares e receberam multas.

Segundo reportagem do Tribuna Online, vans em estado precário, foram encontrados motoristas sem autorização e crianças desembarcando junto aos carros, no meio de avenidas movimentadas.

A ação foi promovida por blitz realizadas na última sexta-feira (2), na Grande Vitória, e flagrou irregularidades graves como essas, e cinco pessoas foram detidas. Os motoristas foram enquadrados em crimes de exercício ilegal da profissão e exposição da vida de passageiros ao perigo.

“São situações de risco, principalmente por se tratar de crianças e adolescentes que ainda estão em condições físicas mais frágeis e precisam de mais cuidado. São veículos em que os pais não sabem se estão em condições de segurança e com motoristas que não estão aptos a conduzir”, afirmou o titular da Delegacia de Delitos de Trânsito, delegado Maurício Gonçalves.

A fiscalização fez parte da Operação Força pela Vida, que apertou o cerco contra irregularidades no trânsito e, dessa vez, teve foco no transporte escolar nos municípios de Vitória, Vila Velha, Serra e Cariacica.

A operação contou com policiais militares e civis, além de agentes das Guardas Municipais dos quatro municípios e do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-ES). O Instituto de Pesos e Medidas do Espírito Santo (Ipem-ES) também participou da ação.

Durante as blitz, 91 vans escolares foram abordadas, sendo que 18 estavam irregulares, sem autorização para circular e fazer o transporte de crianças. Ao todo, 64 multas foram aplicadas. Cinco motoristas foram conduzidos à Delegacia de Delitos de Trânsito por exercício irregular da profissão. O ato é considerado contravenção penal e prevê de 15 dias a três meses de prisão.

Desses cinco, dois ainda foram enquadrados em outro crime: expor a vida de passageiros, o que prevê de três meses a um ano de prisão. Em um dos casos, o desembarque das crianças estava sendo feito no meio da rua, em Vitória.

Os cinco motoristas foram liberados após assinarem termo circunstanciado e se comprometerem a comparecer à Justiça.

Também foram encontrados motoristas com a carteira de habilitação vencida e veículos com superlotação e pneus carecas.

Com informações do Tribuna Online