Professores da rede estadual de SP fazem greve no dia 03 de março

Apeoesp e CPP, entidades do magistério, pedem que professores paralisem as atividades no dia 03 de março e que todos vão à Assembléia Legislativa protestar contra a reforma da Previdência estadual e contra o abono concedido pelo governo estadual para equiparação ao piso nacional.

A Assembléia tenta nesta data votar em segundo turno a PEC (proposta de emenda à Constituição) da Previdência estadual.

As entidades convocam os profissionais das escolas estaduais a fechar as portas e comparecer às 14h em frente à Alesp.

Entre outras mudanças, a reforma para o funcionalismo paulista prevê, no texto da lei complementar, o aumento da contribuição previdenciária de 11% para 14%, tanto para funcionários ativos quanto para inativos e pensionistas.

Em resposta, a Secretaria de Educação diz que orientou todas as escolas estaduais a permanecerem abertas no dia 03 e que, em caso de eventuais faltas, o superior imediato irá analisar a justificativa apresentada, de acordo com a legislação.

Com informações da Apeoesp e Jornal Agora