Pai dedicado constrói casa para filha não esperar ônibus escolar na chuva

Para não ver a filha esperando o ônibus escolar debaixo de chuva, ele construiu uma casa para a menina esperar pelo transporte bem abrigada. O caseiro José Paixão Fernandes é um exemplo do que é ser pai.

“Na temporada de chuvas ela ficava com o guarda-chuva. Aí eu inventei de fazer essa estrutura de cima, fiz só a cobertura. Depois fui fechando os lados”, explicou o homem, que vive com a família em uma chácara, na zona rural de Palmas.

Os cuidados não param por aí. Fernandes carrega os filhos nos braços, brinca de bolinha de sabão, senta no chão para conversar.

A vida dele é dar atenção para Natália, de 8 anos, e Josué, de 4 anos. Para ele, ser pai é participar da vida dos filhos. “Incentivar o filho a respeitar os outros, os pais. Estudar e ir para a escola”, afirmou.

Para a família, Fernandes é um exemplo, um herói. Um verdadeiro paizão. Só que essa não é a única forma de ser pai, pois esse conceito não está ligado apenas a figura masculina.

Outros membros de uma família podem ter papel de pai. E é por isso que tem mães que também estão comemorando o Dia dos Pais. A Ítria Alessandra, por exemplo, é mãe solteira. Ela cria, sustenta e cuida sozinha da Ana Luíza, de 6 anos.

“Eu tive vários conflitos comigo mesma. Demorou um tempinho para amadurecer, com a Luiza crescendo eu fui trazendo essa responsabilidade”.

Veja o vídeo completo aqui: http://g1.globo.com/to/tocantins/noticia/2016/08/homem-constroi-casa-para-filha-nao-esperar-onibus-escolar-na-chuva.html

Com informações de G1