Mães denunciam descaso do transporte escolar público em delegacia de polícia

Algumas mães procuraram a delegacia de polícia nesta segunda- feira (15) para denunciar o descaso da empresa prestadora de serviço do transporte escolar no município.

Segundo as mães Claudineia Reis, Marilene dos Santos e Maria Marcia Babosa, os alunos estão sem o transporte há uma semana na localidade Geovane Conrado, na estrada de Barra Nova, município de Itabela, no extremo sul da Bahia.

Após terem procurado a Secretaria de Educação e nada ter sido resolvido, as mães dos 28 alunos dessa localidade procuraram a delegacia e registraram uma ocorrência.

No boletim, consta que, todas as tardes, dezenas de alunos se aprontam e esperam pelo transporte escolar no ponto; porém, o transporte não chega.

“É uma falta de responsabilidade. É uma falta de respeito com seres humanos. Deixar as crianças paradas por horas à espera de transporte é caso de polícia. Não avisar que há problemas burocráticos na contratação de veículos para realizar o transporte escolar para não criar polêmica é caso de cadeia” diz a mãe Claudineia Reis.

“Até quando vão brincar com as pessoas? Até quando vão fazer de conta que estão administrando, e descruzar os braços e trabalhar em benefício da população?”, finaliza Claudineia.

As denuncias das mães vão além da questão do transporte escolar, pois elas questionam também a qualidade das estradas e dos veículos, e já marcaram uma audiência com o chefe do Ministério Público.

Segundo as denúncias, o prefeito da cidade não prioriza a educação, deixando crianças esperando desta forma o transporte escolar, e a qualidade do serviço de transporte realizado é precária. No município, o transporte escolar é utilizado por mais de mil estudantes todos os dias.

Com informações de Giro de Notícias