Absurdo! PRF prende ônibus escolar que deixou alunos sem ir à escola para fazer viagem com romeiros

romaria

Em período eleitoral, os gestores fazem de tudo para se perpetuar no poder, chegando ao absurdo de desviar os veículos de transporte escolar para atividades irregulares.

Através de denúncia anônima, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) fez a apreensão de um ônibus escolar no início da tarde desta quarta-feira (14).

De acordo com a PRF, o veículo de placa ODZ-9585 pertencente à prefeitura de Amarante, no Piauí, realizava transporte irregular de passageiros. A apreensão aconteceu à altura do KM 501, na BR-343.

“Recebemos a denúncia de que o ônibus escolar da citada prefeitura realizava transporte irregular de passageiros e com indícios de crime eleitoral”, afirmou o agente rodoviário, Ariel Andrade.

Ao todo, 15 pessoas estavam no ônibus, mas foram liberadas pela PRF após serem ouvidas na Delegacia de Polícia Civil, em Amarante.

“Os ocupantes declararam que vinham de Santa Cruz dos Milagres, onde anualmente acontece uma romaria”, completou.

A PRF assegurou que o caso será investigado pelo Ministério Público, e que os procedimentos já estão sendo executados.

Segundo a denúncia, os alunos das comunidades por onde passa o referido ônibus não puderam ir à escola na manhã e tarde desta quarta-feira porque o veículo estava em romaria para Santa Cruz.

“Ligaram para mim pedindo que eu fosse buscar alguns alunos na Chapada dos Marcos para que não perdessem aula”, afirmou um motorista de outro ônibus escolar, que não quis se identificar.

Há também problemas em outras rotas da mesma cidade, devido os ônibus que faz o transporte dos alunos se encontrarem no pátio do Detran sem condições de circular.

O uso desses veículos restringe-se ao transporte de estudantes matriculados na rede pública de ensino básico. Nos casos de transporte fora do município de origem do veículo, o deslocamento só é autorizado para atividades culturais, esportivas e pedagógicas previstas no Plano Pedagógico Anual da Escola. Nessa situação o motorista deverá portar obrigatoriamente autorização por escrito do Secretário Municipal de Educação ou do Prefeito.

Com informações de Somos Notícia e 180graus