Motorista de ônibus escolar com CNH falsa trabalhou 10 anos em prefeitura antes de ser descoberto

O motorista de ônibus escolar foi preso em flagrante por uso de documento falso, na sexta-feira (12). A prisão ocorreu no município de Água Boa, no Mato Grosso, quando o condutor fazia um curso profissionalizante para transporte de produtos perigosos.

A Coordenadoria de Fiscalização de Credenciados (Cfisc) do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), que fazia fiscalização de rotina na região, verificou a documentação dos alunos inscritos e constatou que, entre eles, havia um aluno com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa.

De acordo com o diretor de Habilitação, Fernando Lopes, a fraude ocorreu em Aparecida de Goiânia, no estado de Goiás. “Este é o segundo caso semelhante identificado pela equipe de fiscalização, somente este mês. Alertamos aos condutores que cumpram as exigências legais para retirar a habilitação, pois uso de documento falso é crime”, disse.

A Cfisc identificou que neste caso o suspeito já trabalhava há 10 anos na Prefeitura com transporte escolar e a falsificação não havia sido identificada. “Certamente, esta pessoa não passou pelas aulas teóricas e práticas exigidas pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e iria transportar produtos perigosos, se a fiscalização não estivesse atuando”, ressaltou o diretor.

De acordo com o presidente do Detran, Anon Osny, o trabalho da equipe de fiscalização é imprescindível no combate aos crimes de corrupção. “Continuaremos intensificando as fiscalizações para que haja mais segurança no trânsito. O condutor deve ter toda a instrução possível para dirigir um veículo desse porte”.

Com informações do Jornal Cidade MT