Ambulâncias são usadas no transporte clandestino de passageiros para fugir do trânsito e multas em SP

Uma empresa especializada em atendimento hospitalar criou um modo ilegal de furar o trânsito de São Paulo. Para isso, a companhia oferece as ambulâncias como táxi. Dessa forma, com a sirenes ligadas, o veículo tem a preferência na via e chega mais rápido a qualquer local.

O funcionário, que foi gravado pela emissora, explica o serviço: “‘Quero ir pra tal lugar, mas o horário que eu vou tá muito trânsito’… Eu te envio uma ambulância, que pelo menos ela vai cortando”. Ainda segundo o empregado, o tempo de viagem cai pela metade do tempo original.

Uma viagem de ida pode custar R$ 150, sendo uma de ida e volta, R$ 250. A empresa garante um tempo mínimo de viagem, já que a ambulância pode ligar a sirene e espantar os demais carros, que abrem passagem ao veículo pirata, além de que a faixa exclusiva para ônibus também pode ser usada.

O serviço inédito e ILEGAL é oferecido por uma empresa especializada em atendimento hospitalar de emergência, que resolveu “diversificar as suas atividades”.

A promessa é diminuir pela metade o tempo da viagem, já que a ambulância pode usar o corredor de ônibus e, com sirene ligada, consegue “furar” todos os semáforos.

No áudio divulgado, o repórter simula a contratação do serviço com o dono da empresa de ambulâncias, que entrega todo o processo. Confira AQUI.

Com informações da Band News FM