CCJ discute hoje (27) a volta do extintor de incêndio entre equipamentos obrigatórios de veículos

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) debate nesta tarde proposta que inclui entre os equipamentos obrigatórios dos veículos o extintor de incêndio com carga de pó ABC (PL 3404/15).

De acordo com o deputado Moses Rodrigues (PMDB-CE), que solicitou o debate, só em São Paulo em média sete carros por dia pegam fogo, e no Rio de Janeiro em média são seis carros por dia. No Brasil, segundo o Corpo de Bombeiros, esse número chegaria a 10.300 carros por ano, isso em casos registrados, ressalta o parlamentar.

“Temos ainda que levar em consideração os incêndios que foram debelados com o uso do extintor, a expectativa é que o número seja em média cinco vezes maior, onde teríamos 51.500 princípios de incêndio”, diz o deputado, que é autor do PL 3404/15.

Foram convidados para discutir a proposta:
– o presidente do Conselho Nacional dos Corpos de Bombeiros Militares do Brasil, coronel Carlos Helbingen Júnior;
– o chefe da Divisão de Fiscalização de Trânsito da Polícia Rodoviária Federal, Marcelo de Azevedo;
– o diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Elmer Coelho Vicenzi;
– o ex-diretor do Denatran Alfredo Peres;
– o assessor técnico da Associação Brasileira das Empresas Vistoriadoras de Extintores Veiculares (Abravea), Jair Louzano Filho;
– o vice-presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Equipamentos contra Incêndio e Cilindros de Alta Pressão (Abiex), Cláudio Sachs; e
– o vice-presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Afavea), Carlos Eduardo Lemos.

A reunião será realizada às 14h30, no plenário 1, e poderá ser acompanhada ao vivo pelo WebCamara.

Com informações da Agência Câmara Notícias