CPTrans aborda 15 veículos e destes autua 10 irregulares fazendo transporte escolar na região de Petrópolis

Dando continuidade às ações fiscalizatórias de transporte escolar, a CPTrans realizou nesta quarta-feira (25) uma ação em Pedro do Rio, para garantir que as vans e ônibus escolares no quarto distrito estejam adequadas às normais de segurança e reguladas legalmente.

Durante a ação, foram flagrados e notificados 10 veículos fazendo o transporte sem a expressa autorização da companhia. Foram, no total, 15 veículos fiscalizados.

As ações fiscalizatórias neste segundo semestre tiveram início na região de Bonsucesso, após o fim do período para regularização da atividade, que aconteceu entre 31 de julho e 30 de setembro. À ocasião houve seis flagrantes nos fiscais da companhia. Desde o início ano, foram 102 veículos multados por conta de irregularidades nos veículos. As fiscalizações ocorreram em Corrêas, Quissamã, Bingen, Mosela, Alto da Serra e Centro.

“Para que não sejam multados e tenham seus veículos removidos, é importante que os motoristas de vans, kombis e ônibus escolares procurem à CPTrans para atualizar a concessão que permite o transporte do município neste segundo semestre. Isso dá a segurança à companhia e aos responsáveis pelos estudantes de que estejam sendo levados por um veículo seguro e regular e por motoristas treinados e autorizados a praticarem esse tipo de serviço”, explica o diretor-presidente da CPTrans, Maurinho Branco.

Nos primeiros seis meses do ano, a cidade contabilizou 142 veículos regulares. Parte deles já realizaram o recadastramento e estão em dia com as obrigações junto ao município. Outros, no entanto, devem ir à companhia, localizado à Rua Alberto Torres 115, Centro, para realizar a atualização cadastral.

Para isso, é necessário que o proprietário do veículo leve original e cópia da identidade e CPF, carteira de habilitação na categoria D, uma foto 5×7 e outra 3×4, nada consta criminal, comprovante de inscrição de ISS, declaração do diretor da escola sobre a prestação de serviço para aquela unidade de educação e comprovante de Imposto de Renda.

Os veículos devem ter no máximo 15 anos nos casos de kombis e vans e 20, no caso de ônibus e micro-ônibus. As taxas para renovação custam R$ 122,50 para veículos de até 18 lugares, e R$ 245 para veículos com mais de 18 acentos. Além disso, os automóveis também devem estar com a faixa amarela identificando que é ‘Escolar’, além de todos os quesitos de segurança estarem em dias, bem como a documentação exigida. O atendimento ao público está disponível de 8h30 às 18h. Mais informações sobre o assunto podem ser obtidas pelo telefone: 2237-1703.

Com informações do Petrópolis News