Ônibus elétrico está sendo testado em operação de transporte escolar e urbano de cidade mineira

Já está em Pará de Minas o ônibus elétrico que poderá ser incluído na frota do transporte coletivo municipal. Ele veio de Campinas-SP, trazido pela empresa BYD do Brasil, multinacional chinesa que há três anos vem implantando o sistema de transporte elétrico no país.

Há alguns meses o prefeito Elias Diniz visitou a empresa e demonstrou interesse pela tecnologia voltada para as questões ambientais e de controle de poluentes.

Durante 30 dias, a Secretaria Municipal de Obras e a Comissão de Trânsito serão responsáveis pela aplicação dos testes, registrando todos os resultados em planilhas de verificação de rotas, contrapontos, gastos e desempenho.

Caso o resultado seja o esperado, a prefeitura deverá incluir no processo licitatório para concessão do transporte coletivo a exigência de que pelo menos 5% da frota seja constituída de veículos elétricos.

Esse número poderá aumentar, em longo prazo, podendo chegar a 30% da frota. Perguntado se o valor para aquisição do ônibus não seria alto demais para as empresas interessadas em explorar o transporte coletivo no município, o prefeito respondeu que não.

O prefeito também acredita que a exigência por veículos elétricos pode baratear a tarifa do transporte público, visto que o projeto promete eficiência energética.

Uma equipe técnica da multinacional BYD já instalou um posto de abastecimento em frente à Prefeitura Municipal, na Praça Afonso Pena. O representante da empresa, Aldo Ribeiro dos Santos, falou da tecnologia utilizada e dos benefícios que o transporte elétrico poderá trazer à cidade.

Nesse período de testes o veículo será usado em rotas do transporte escolar, projetos socais e até em alguns itinerários da Turi. Os testes também serão feitos nas rodovias, já que a prefeitura pretende utilizar o veículo no transporte de universitários, caso o estudo apresente resultados positivos.

Com informações da Rádio Stilo 101,7 FM