Emplacamento de novos ônibus escolares caiu quase 80% no primeiro semestre de 2018

De acordo com dados do Renavam, entre janeiro e junho deste ano, foram emplacados apenas 25 ônibus escolares, número 79% menor que semelhante período de 2017.

Apesar do baixo número de emplacamentos, o mercado espera perspectivas positivas para o segundo semestre, quando ocorrerá o emplacamento de várias unidades adquiridas por meio do Programa Caminho da Escola, do Governo Federal.

Já foram licitados cinco mil ônibus escolares. Assim, muitos veículos terão autorização de compra neste segundo semestre.

Ainda assim, é importante destacar que foi autorizada a aquisição destes ônibus, mas os estados e municípios devem cumprir uma série de requisitos para adquirirem estes veículos pelas normas e facilidades do FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação.

Portanto, não significa que todos os ônibus serão de fato vendidos, mas uma parcela significativa deste total de cinco mil unidades deve se concretizar até o final do ano.

Além destas compras pelo Programa Caminho da Escola, há também licitações próprias de casa Estado.

NÚMEROS DE EMPLACAMENTOS DE ACORDO COM RENAVAM:

(Comparações entre primeiro semestre de 2018 e primeiro semestre de 2017)

Micro-ônibus:……: alta de 57% = 842 unidades em 2017 e 1318 unidades em 2018.

Ônibus Escolares: queda de 79% = 1212 unidades em 2017 e 25 unidades em 2018.

Urbanos………………: alta de 34% = 2006 unidades em 2017 e 2679 unidades em 2018

Fretamento…………: alta de 108% = 238 unidades em 2017 e 479 unidades em 2018

Rodoviários…………: alta de 71% = 430 unidades em 2017 e 734 unidades em 2018.

Estes números foram apresentados por Walter Barbosa, diretor de vendas e marketing da Mercedes Benz, durante evento na planta em São Bernardo do Campo, de lançamento de novas tecnologias para aumentar a segurança de ônibus rodoviários, tais como um piloto automático que controla a distância em relação a outros veículos na frente sem interferência do motorista acima de 15km/h, e da nova linha de caixas de transmissão para modelos urbanos.

Com informações do Diário dos Transportes