Quem dá menos? Prefeitura tentará reduzir em 24% o custo do transporte escolar em nova licitação

A prefeitura de Americana espera economizar até 24% dos R$ 10 milhões gastos anualmente com o transporte escolar do município no futuro contrato para o serviço.

O novo valor será definido a partir da licitação publicada no dia 16 de setembro no Portal da Transparência, vez que o contrato em vigor com a atual prestadora do serviço, Sancetur (Santa Cecília Turismo), vence em outubro.

Atualmente são transportados na cidade um total de 2.041 estudantes das redes municipal e estadual de ensino, segundo dados da Secretaria de Educação. Há também um total de 182 alunos transportados pela frota própria do município e outros 333 matriculadores na rede estadual e que recebem passe estudantil.

A concorrência publidada tem um valor global estimado de contratação de R$ 7.585.230,67 para um período de 12 meses.

De acordo com a Secretaria de Educação, a economia será possível com a mudança na forma de remuneração ao prestador do serviço. “Há uma expectativa de reduzir os custos porque a cobrança passará a ser por km rodado e não mais por viagem, como é atualmente”.

A licitação prevê o transporte durante 200 dias letivos, e para atender a demanda de alunos serão necessários 24 ônibus de 38 lugares, 10 microônibus de 25 lugares, 4 vans com 15 lugares e 5 veículos adaptados para cadeirantes.

A Sancetur, que também opera o transporte coletivo urbano por meio da Sou Americana, venceu a concorrência para explorar o transporte escolar em 2014.

Em 2018, o processo licitatório aberto pela administração para um novo contrato acabou suspenso pelo TCE-SP e, desde essa data a empresa passou a operar através de aditamentos ao contrato inicial, chegando atualmente ao 5º aditamento que vencerá em 16 de outubro e possui teto de gastos de R$ 11,4 milhões por um ano de serviço.

Com informações do portal Todo Dia