Aulas nas escolas estaduais de SP em 2021 devem iniciar no começo de fevereiro

O secretário estadual da Educação do estado de São Paulo, Rossieli Soares, divulgou na manhã desta quarta-feira (11) que o calendário escolar de 2021 da rede terá início em 1º de fevereiro. No entanto, ele ressaltou que a área da Saúde vai determinar se o prazo estipulado será cumprido por causa da pandemia de coronavírus.

“A gente está organizando o calendário para ter no ano que vem um ano mais próximo do normal possível. É claro que daqui até lá a gente vai estar avaliando, olhando sempre com a área da Saúde, mas o calendário das escolas estaduais vai começar a partir do dia 1º fevereiro. Então, as aulas, as atividades presenciais com os nossos estudantes e com as escolas funcionando. Até lá vamos entender se é o todo, se é uma parte”, afirmou.

As aulas regulares presenciais foram autorizadas a retornar em 7 de outubro. No entanto, cada município definiu o retorno das aulas. Na capital paulista, a Prefeitura de São Paulo autorizou o retorno das aulas regulares presenciais somente para os alunos do ensino médio no dia 3 de novembro. Já para os estudantes dos ensinos infantil e fundamental foram mantidas as atividades extracurriculares,

Os professores terão duas semanas de férias em janeiro e a última semana do mês será dedicada ao planejamento do ano letivo. O calendário escolar prevê os intervalos em abril e outubro, além das férias de julho.

Além da avaliação aplicada aos alunos em dezembro para diagnosticar o que foi assimilado durante as aulas remotas, os estudantes farão uma nova avaliação em janeiro. Os alunos que fizeram o mínimo de aditividades durante o período de aulas on-line não serão reprovados.

“Essas avaliações diagnósticas vão nos dar um parâmetro e customizar a recuperação. Entender como está cada um dos estudantes, em que estágio, que ponto eles estão das habilidades essenciais.”

Com informações do G1