Prefeitura de SP divulga a lista das 4.500 mães aprovadas para trabalhar no POT Volta às Aulas

A partir desta sexta-feira, 26, as selecionadas devem comparecer nos postos do Cate, nos horários previamente agendados para entrega de documentos.

Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo da Prefeitura de São Paulo divulgou nesta quinta-feira, 25 de fevereiro, a lista com o nome das 4.543 mães selecionadas para o Programa Operação Trabalho – POT Volta às Aulas. Confira a lista completa ao final do texto.

As selecionadas devem comparecer, conforme a data e horário pré-determinado na lista de convocação, em um dos 13 postos do Cate – Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo para a entrega de documentos e preenchimento do Termo de Compromisso e Responsabilidade. O agendamento visa facilitar o cadastramento e diminuir a possibilidade de contágio do coronavírus.

As aprovadas devem levar os documentos comprobatórios dos pré-requisitos para ingressar no programa, assim como um cópia simples. Os atendimentos serão feitos nesta sexta, sábado e domingo entre 10h e 16h. Os postos selecionados do Cate serão abertos excecionalmente neste final de semana para essa ação. O início das atividades será no dia 1º de março.

“Tivemos um grande desafio de realizar a seleção de mais de 91 mil pessoas, chegando às 4.543 mães. Além dos critérios do POT e desta seleção em especial, priorizamos ainda que as mulheres trabalhem nas escolas onde seus filhos estudam, o que fará com que o dia a dia seja mais leve e o trabalho mais produtivo”, explica a secretária de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Aline Cardoso.

As mulheres foram selecionadas com base nos critérios do Programa Operação Trabalho como estar desempregadas há mais de quatro meses e ter renda familiar de até meio salário mínimo por pessoa da família. Na triagem também foram aplicados critérios de desempate como maior tempo de desemprego, maior idade e ser mãe de criança matriculada na rede municipal de ensino.

As mulheres selecionadas também receberão SMS e e-mail informando sobre a convocação.

Do total das 4.590 vagas oferecidas, 47 não foram preenchidas por falta de candidatas que atendam aos quesitos mínimos da legislação do POT. A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo realizará a convocação dessas vagas remanescentes nesta-sexta feira, 26 de fevereiro, pelo site da pasta. A convocação será de mães de alunos de outras escolas que não foram chamadas na primeira lista.

Lista de documentos obrigatórios que devem ser entregues no dia da contratação

• RG original e cópia simples

• CPF original e cópia simples

• Carteira de trabalho e cópias das páginas que constam a foto e o último emprego

• Comprovante de residência

É OBRIGATÓRIO levar a cópia simples e os documentos originais.

POT Volta às Aulas
O POT Volta às Aulas abrange mulheres com idade entre 18 e 50 anos; moradoras da capital, desempregadas há mais de quatro meses e que não estão recebendo seguro-desemprego. Outras exigências é ter renda familiar de até meio salário mínimo por pessoa da família e ter filho matriculado na rede municipal. As selecionadas receberão uma bolsa auxílio no valor de R$ 1.155,00 para uma carga de seis horas por dia, totalizando 30 horas semanais. As mulheres atuarão no projeto pelo período de seis meses.

Entre as atividades estão a manutenção da higiene e segurança sanitária dos alunos, cuidados como aferição de temperatura, limpeza de equipamentos escolares e ambientes de uso coletivo, monitoramento e sensibilização sobre prevenção à Covid-19 no ambiente escolar e nos equipamentos da Secretaria Municipal da Educação.

Capacitação
Após assinarem o contrato, o grupo selecionado realizará uma capacitação para atuar na função, por meio do Portal do Cate. As atividades serão desenvolvidas pela Escola Municipal de Educação Profissional e Saúde Pública Professor Makiguti, da Fundação Paulistana, ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, que abordará, além dos protocolos de saúde, as questões éticas e emocionais do acolhimento de alunos na pandemia.
Para realizar os cursos é necessário fazer um cadastro no portal: cate.prefeitura.sp.gov.br.

Confira a lista de aprovados

Comparecer no Cate selecionado, no dia e horário, conforme listagem abaixo, munida dos documentos originais e cópia (RG, CPF, Carteira de trabalho, Comprovante de residência), além de autodeclaração de inexistência de doenças preexistentes e não pertencer aos grupos de risco da Covid-19.

É necessário chegar no máximo até 10 minutos antes do horário agendado para evitar aglomeração. Atente-se ao seu horário agendado para não perder a sua inscrição.

Clique abaixo aqui para acessar a lista.

Com informações da Prefeitura de São Paulo