Distrito Federal aprova novo auxílio de R$ 600 para transporte escolar, turismo e táxis

Os deputados distritais aprovaram, nesta quarta-feira (14/4), o projeto do Governo do Distrito Federal (GDF) que prorroga o auxílio emergencial de R$ 600 para os motoristas de transporte escolar e taxistas.

O Projeto de Lei n° 1862/2021 foi apresentado na terça-feira (13/4). Para o presidente da Câmara Legislativa (CLDF), deputado Rafael Prudente (MDB), a aprovação da medida é urgente, devido à pandemia da Covid-19.

A proposta foi aprovada em 2º turno com 16 votos favoráveis e duas emendas.

A deputada distrital Júlia Lucy (Novo) apresentou emendas que incluíram os profissionais do transporte turístico na lista de beneficiários. O parlamentar Valdelino Barcelos (PP) sugeriu emenda ampliando o benefício aos familiares, caso o motorista morra durante a pandemia de Covid-19.

O texto segue para a sanção do governador Ibaneis Rocha (MDB). O chefe do Executivo pode sancionar ou vetar as emendas.

Em 8 de abril, em frente ao Palácio do Buriti, motoristas do transporte escolar fizeram manifestação pela volta do auxílio emergencial. O novo socorro terá três parcelas mensais de R$ 600.

Segundo o texto original do PL, o auxílio financeiro será direcionado a proprietários de ônibus e micro-ônibus ou outros veículos destinados ao transporte coletivo escolar, cadastrados até 31 de janeiro de 2020. Além disso, o auxílio estará disponível para os taxistas em situação regular no DF. Para a categoria, a concessão será feita com base no cadastro de permissionários e concessionários.

Com informações do Metrópoles