RJ dá início à vacinação contra Covid-19 para transporte escolar, motoristas e cobradores de ônibus

A Prefeitura do Rio de Janeiro deu início, nesta segunda-feira (26/04), à vacinação contra a Covid-19 das pessoas dos grupos prioritários, incluindo, entre outros, quem tem comorbidades. O cronograma mantém o padrão do escalonamento decrescente de idades, com previsão de vacinar quem tem entre 45 e 59 anos dos grupos prioritários até 29 de maio.

Um dos grupos com prioridade nesta etapa da vacinação é o de trabalhadores de rua dos serviços de limpeza urbana. Com nove anos de Comlurb, a gari Maria das Dores Medeiros da Silva revelou que estava muito ansiosa para receber a primeira dose da vacina.

– É uma alegria muito grande, nem dormi direito. Eu pensei que iria doer, mas quando vi já tinha tomado, nem senti. A gente fica preocupada em trabalhar na rua porque está ali em contato direto com o lixo – contou a gari, ressaltando que a Comlurb fornece sempre máscaras, luvas e álcool em gel para os funcionários.

Além dos profissionais dos serviços de limpeza urbana, estão incluídos neste calendário gestantes, pessoas com deficiência permanente, indivíduos com comorbidades, trabalhadores da saúde, da educação, guardas municipais, motoristas e cobradores de ônibus e transporte escolar. Policiais civis, policiais militares, bombeiros e agentes penitenciários serão vacinados em seus locais de trabalho.

– É muito importante vacinar as pessoas com comorbidades, que são doenças crônicas graves. Elas têm que mostrar que fazem algum tipo de acompanhamento médico, trazendo laudo ou as últimas receitas para se vacinar. São 630 mil pessoas que vão se vacinar nesta etapa da campanha e a gente espera que chegue mais vacinas – informou o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz.

As comorbidades prioritárias são: diabetes mellitus, hipertensão grave, doença pulmonar obstrutiva crônica, doença renal, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, câncer e obesidade grave, entre outras.

Motoristas de ônibus, cobradores de ônibus e motoristas de transporte escolar

Os motoristas foram incluídos nos grupos prioritários e a vacinação para eles começa no dia 26.

É necessário estar na ativa e apresentar os três últimos contracheques, comprovando vínculo com a profissão e local de trabalho. Ou então declaração assinada do estabelecimento em que atuam (o documento ficará retido no ato da vacinação).

Com informações da Prefeitura do Rio de Janeiro