81% dos profissionais do transporte público de SP já foram vacinados contra Covid-19

A aplicação de primeira dose do imunizante contra covid-19 para trabalhadores do Metrô, CPTM e EMTU começou em maio e até 9-Jun já atingiu 81% do público-alvo.

Cerca de 81% dos funcionários do transporte público de São Paulo já foram vacinados com a primeira dose da vacina contra o coronavírus, de acordo com balanço divulgado pela Secretaria dos Transportes nesta quarta-feira (9), Dia Nacional da Imunização.

A campanha de imunização contra o coronavírus para os trabalhadores do transporte público da linha de frente da CPTM, Metrô, das concessionários ViaQuatro e ViaMobilidade e da EMTU, começou em maio deste ano.

Nesta primeira fase, foram incluídos operadores, maquinistas e pessoas que desempenham suas funções no CCO (Centro de Controle Operacional) de todas as idades. Para as categorias da linha de frente como segurança, limpeza (incluindo os terceirizados) e bilheteria, a vacinação é para quem tem acima de 47 anos. Também estão incluídos motoristas e cobradores de ônibus intermunicipais.

Desde o início da pandemia, os trabalhadores do transporte público vem prestando um trabalho essencial para que todos que dependem de ônibus, trem e metrô possam se locomover. “Com as duas doses estarão mais protegidos para desempenhar suas funções. Além disso, os trabalhadores de grupos de risco que estão afastados poderão retornar ao trabalho”, lembrou o secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy.

As empresas ligadas à STM (Secretaria dos Transportes Metropolitanos) seguem com oito postos de vacinação contra covid-19 em estações de metrô, da CPTM e em um terminal de ônibus da EMTU. Desde o dia 13 de maio, quando os postos foram abertos, ao todo 10.556 pessoas se vacinaram.

Pessoas de todos os grupos prioritários previstos no PEI (Plano Estadual de Imunização) podem receber a 1ª dose da vacina nestes postos. O horário é de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 17h e as empresas ligadas à STM atualizam diariamente as informações de funcionamento em suas redes sociais.

Para agilizar o atendimento no dia da vacinação, é indicado que seja feito um pré-cadastro no site Vacina Já. É necessário informar nome completo, CPF, data de nascimento, endereço e telefone.

Com informações do R7