FNDE discute propostas para compra de 7 mil novos ônibus do Caminho da Escola

O FNDE (Funda Nacional de Desenvolvimento da Educação) abriu prazo para eventuais recursos na licitação que envolve a compra de sete mil ônibus para o Programa Caminho da Escola, destinado a melhorar os deslocamentos de estudantes, em especial do ensino básico em áreas de difícil acesso.

Em etapa ocorrida no dia 23, todos os lotes de modelos de ônibus receberam propostas de fabricantes interessadas em fornecer os veículos pelos próximos dois anos. O somatório de todas as propostas somam R$ 2,25 bilhões.

Os sete mil ônibus serão disponibilizados na medida em que as prefeituras e estados forem aderindo às compras do Caminho da Escola no ciclo que vai durar dois anos.

Foram consideradas como melhores propostas, em diferentes categorias de veículos, as ofertas da Marcopolo (Volare / San Marino – Neobus), Mercedes-Benz, Agrale e Volkswagen.

A aquisição pelos entes federativos dos veículos do Caminho da Escola podem ocorrer de três formas: assistência financeira do FNDE no âmbito do Plano de Ações Articuladas (PAR), com recursos próprios ou através de linha de crédito do BNDES.

Com informações do Diário dos Transportes