Câmara de Vereadores do RJ aprova suspensão da vistoria obrigatória para transporte escolar, vans e táxis

Para virar lei, a medida ainda depende da sanção do prefeito Eduardo Paes, que tem 15 dias para aprovar ou vetar o projeto.

A Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro aprovou a suspensão da vistoria obrigatória este ano para táxis, transporte escolar e vans devidamente regularizados.

Na justificativa do projeto, os vereadores afirmaram que a pandemia atingiu diretamente o setor e que a suspensão seria um alívio de cerca de R$ 400.

Para virar lei, a medida ainda depende da sanção do prefeito Eduardo Paes (PSD). Ele tem 15 dias para aprovar ou vetar o projeto.

Com informações do G1