60% dos alunos das escolas estaduais de SP compareceram na volta das aulas presenciais

Um total de 60% dos alunos da rede estadual retornaram às aulas presenciais, que começaram na segunda-feira, afirma o governo de São Paulo.

Desde segunda-feira, dia 2/ago, as escolas públicas e privadas estão autorizadas a receber 100% dos alunos, caso consigam respeitar o distanciamento de 1 metro. Nas escolas onde isso não for possível, pode ser feito um revezamento dos estudantes.

Apesar dessa liberação, os municípios têm autonomia para decidir sobre o retorno e, segundo o secretário, 68 municípios têm decretos impedindo a reabertura de escolas.

Segundo o secretário estadual de Educação, Rossieli Soares, 80% das famílias manifestaram interesse pelas aulas presenciais. “Mesmo com o retorno presencial nossas salas de aula estão equipadas com equipamentos que podem fazer transmissão para os alunos que não estão”, explicou o secretário.

A presença continua opcional e o estado estuda torná-la obrigatória a partir de setembro. “Vamos acompanhar todos os dados até a metade de agosto e vamos avaliar dar esse passo [obrigatoriedade das aulas presenciais]”, apontou o secretário.

Com informações do Uol