Pais reclamam do uso incorreto de máscaras por alguns motoristas de vans escolares

Pais e responsáveis de alunos da rede pública de São Bernardo estão preocupados com a saúde de seus filhos em plena pandemia da covid-19. Isso porque segundo eles, motoristas de ônibus escolares do município não têm utilizado a máscara de proteção da forma correta, o que coloca em risco a saúde dos pequenos.

Haroldo Silva, morador do bairro Alvarenga, conta que desde que as aulas presenciais foram retomadas, já notou vários motoristas com a máscara utilizada de forma totalmente inadequada. “Já vi alguns com a máscara no queixo e outros sem nem cobrir o nariz”, relata.

O reclamante frisa que, apesar do momento de recuperação, é de extrema importância que os motoristas usem a máscara corretamente, até mesmo para servir de exemplo para os alunos. “Eles não estão protegendo ninguém com a máscara no queixo. Ainda por cima colocam as crianças e as famílias em risco”, expõe.

Procurada, a Prefeitura de São Bernardo informa que todos os profissionais da Educação são orientados rotineiramente sobre a obrigatoriedade e uso correto de máscaras, incluindo a equipe do transporte escolar, que é terceirizada. “A administração vai reforçar a fiscalização em torno do cumprimento das medidas sanitárias a fim de manter a segurança de estudantes e profissionais em relação à Covid-19”, afirma.

Com informações do Repórter Diário