Aulas presenciais voltam a ser obrigatórias em SP à partir de segunda, dia 18-Out

O governo de São Paulo determinará o retorno obrigatório às aulas presenciais a partir da próxima segunda-feira (18).

A medida será anunciada oficialmente em entrevista na tarde de hoje e valerá para toda a rede estadual e particular do ensino básico. O retorno obrigatório das redes municipais depende da determinação de cada prefeitura. A capital, que tem seguido as orientações da secretaria estadual, ainda não se manifestou.

Segundo O Estado de S. Paulo, o governo também anunciará o fim do distanciamento mínimo de 1 metro entre os estudantes a partir do dia 3 de novembro, mas as máscaras continuarão sendo obrigatórias. Apenas crianças e adolescentes com atestado médico poderão ficar em casa.

Em declaração ao jornal, o secretário estadual da Educação, Rossieli Soares, disse que é preciso priorizar a educação neste momento, embora os cuidados com a pandemia do novo coronavírus continue.

“A regra é: criança na escola todos os dias e não alguns dias. A sociedade já voltou, as pessoas estão tendo convivência mais aberta e é preciso priorizar a educação, senão não vamos recuperar a aprendizagem”, disse.

Desde agosto deste ano, as aulas presenciais estavam liberadas em São Paulo com 100% da capacidade, mas de maneira facultativa e com regras de distanciamento que, principalmente na rede pública, faziam com que o rodízio de alunos fosse necessário em algumas escolas.

Com informações do jornal O Estado de S.Paulo