Projeto que obriga presença de monitor no transporte escolar de Rio Preto avança

A presença obrigatória de um monitor treinado durante as viagens nos veículos de transporte escolar público municipal pode se tornar realidade. Na sessão desta terça-feira, 22, a Câmara aprovou a legalidade do projeto de lei do vereador Celso Peixão (MDB) que obriga a presença do profissional junto às crianças.

Além do condutor deverá estar no interior dos veículos monitor treinado para orientar os estudantes com relação à segurança de trânsito durante as viagens e auxiliar nas operações de embarque e desembarque do veículo.

Sem trazer muitos detalhes, a proposta de Peixão determina que o próprio Poder Executivo ficará responsável por regulamentar a lei no que for cabível. As despesas também ocorrerão por dotações orçamentárias do governo municipal.

Durante a defesa do projeto, Peixão lembrou de casos de acidentes e brigas entre os alunos. “É mais segurança. Tem relatos de acidentes causados por brigas de alunos no transporte escolar que desviou a atenção do motorista”, disse.

“Com um monitor presente, os pais e responsáveis terão a tranquilidade de saberem que as crianças estarão mais seguras, mantendo-se a ordem dentro do veículo escolar e durante o embarque e desembarque”, justificativa.

O projeto foi aprovado quanta a legalidade e precisa agora ser analisado quanto o mérito.

Com informações de Dhojeinterior