Motorista clandestino de transporte escolar, já indiciado três vezes por este crime, é preso por estupro de menina de 9 anos

Um motorista de transporte escolar foi preso pelo estupro de uma menina de 9 anos, em Barra de Jangada, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. De acordo com a Polícia Civil, o homem de 54 anos foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável.

A prisão aconteceu na quinta (12) e foi divulgada nesta segunda (16) pela Polícia Civil. Segundo a polícia, os pais da menina disseram que contrataram o homem para fazer o transporte escolar para a filha no dia 11 de maio.

Disseram, ainda, que no dia do crime o motorista demorou a levar a menina para casa. Quando voltava da aula por outros meios, a garota costumava chegar à residência às 18h30. Os pais também perceberam que a criança estava angustiada e triste.

Os pais também disseram aos investigadores que a menina pediu para dormir na cama com a mãe e, chorando, contou o que aconteceu dentro do veículo de transporte coletivo.

O casal denunciou o motorista na 2ª Delegacia de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA), em Jaboatão dos Guararapes.

Após a prisão, o motorista, que já tinha sido processado pelo mesmo crime três vezes, sempre contra crianças, seguiu para a audiência de custódia. A prisão em flagrante foi convertida em prisão preventiva.

O crime de estupro de vulnerável é caracterizado pelo ato de ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 anos. A pena prevista é de oito a 15 anos de reclusão.

Com informações do G1