Dúvidas e respostas sobre como fazer um consórcio para trabalhar com veículo escolar

Muitas pessoas têm aderido ao consórcio até mesmo como investimento. Isso porque essa é uma categoria extremamente democrática e atende a necessidade da maioria dos brasileiros.

Alguns já pensam nos benefícios que podem conseguir futuramente através dessa modalidade. Afinal, essa é uma excelente forma de ter uma renda para beneficiar toda família.

Infelizmente, grande parte das pessoas que querem comprar uma van não entendem muito bem como o consórcio de vans pode ajudar. Por esse motivo, decidimos esclarecer neste artigo algumas questões bem recorrentes sobre essa modalidade.

Como eu consigo ser contemplado em um consórcio de vans? Que cuidados preciso tomar? Confira a seguir as respostas para essas perguntas e saiba de uma vez por todas como funciona o consórcio de vans.

Mas afinal, como funciona o consórcio de vans?

Em primeiro lugar, opte por uma administradora de consórcios confiável. É simples: você pode acessar o site do Banco Central e pesquisar a lista das empresas que têm autorização para atuar no ramo.
https://www.bcb.gov.br/estabilidadefinanceira/agenciasconsorcio

É fundamental fazer uma boa escolha para garantir que o dinheiro guardado para a aquisição da van seja adequadamente administrado, e assim cada membro receba seu bem.

Pagamentos mensais de um consórcio de vans
Tudo começa a partir dos pagamentos mensais. O consorciado recebe a cobrança todos os meses, podendo ser pago na rede bancária ou em caixas eletrônicos. Nelas contém informações bastante úteis, como:

as datas dos sorteios;
as pedras-chave contempladas por sorteio e lance.
Vale lembrar que as parcelas podem ser reajustadas, dependendo do aumento do valor de venda do veículo pretendido. Isso ocorre para garantir o objeto do consórcio: a compra do bem.

Finalmente, vale ressaltar que todas as parcelas devem ser pagas, mesmo depois da contemplação, e que não há juros incidindo sobre os valores, você paga apenas pela taxa de administração para manter os custos da empresa responsável pela gestão do consórcio.

Certifique-se de que as prestações são adequadas
Antes mesmo de fazer pesquisas sobre condições e empresas administradoras, faça planejamento financeiro. Não se esqueça: o consórcio tem que se adequar ao planejamento e não o contrário.

Logo, veja se as administradoras pesquisadas contam com produtos que realmente caibam no seu orçamento e simule os ajustes para ter tranquilidade ao quitar as prestações.

Quando vou ter minha van em mãos?
Agora que você já sabe como funciona o consórcio de vans, chegou a parte mais interessante para quem quer uma van nova: aquela que você adquire o bem.

Como já mencionado, todo mês um consorciado recebe a carta através dos sorteios. Dessa forma, você pode conseguir sua carta de crédito tanto no primeiro mês, caso tenha sorte, como no último, se os demais forem contemplados antes de você.

No entanto, para acelerar o processo você ainda pode oferecer lances. No lance, leva a carta o participante que conseguir antecipar mais parcelas. Ainda assim, se você deu um lance e ele não foi vencedor, pode simplesmente guardar seu dinheiro para tentar fazer uma oferta maior na próxima oportunidade, sem perder o seu dinheiro.

Que cuidados tenho que ter antes de fazer um consórcio de vans?
Como a van é um bem de alto valor, a compra do mesmo pede certos cuidados para não acabar virando uma dor de cabeça. O primeiro passo é fazer um levantamento dos gastos da família e se certificar que não vai atrapalhar na organização financeira.

Como não possui juros, o consórcio é uma excelente forma de controlar gastos futuros, mas a inadimplência no pagamento também gera prejuízos ao devedor.

Gastos envolvidos na compra de um van
Não se esqueça também de estudar bastante antes de escolher o modelo da van para adquirir. Afinal de contas, fora o próprio valor do veículo, são muitos os detalhes que entram em jogo na hora de escolher aquilo que cabe no seu bolso, como:

o valor de revenda da van;
o preço de seguro para o modelo escolhido;
os custos de manutenção envolvidos;
o seu rendimento com gasolina ou álcool;
o valor do IPVA a ser pago.

Riscos da compra de cotas ou cartas contempladas
Além de tudo isso, é extremamente importante ficar atento às fraudes!

Você sabia que tem criminosos que anunciam a venda de cotas em consórcios ou mesmo de cartas de crédito com valores bem inferiores do que é prático no mercado?

Para não ser mais uma vítima, esteja bem atento, e desconfie especialmente de ofertas vantajosas demais. Só finalize um negócio se tiver garantias legais e um contrato bem feito.

Ao fazer uma pesquisa rápida na internet, é possível encontrar relatos de pessoas que compraram cartas falsificadas, não contempladas, de consórcios que nunca nem existiram ou até mesmo de administradoras sem autorização para atuar. Tenha em mente: todo cuidado é pouco!

Para concluir, lembre-se de procurar uma administradora de consórcios de confiança. Até porque, essa é a empresa responsável por cuidar do dinheiro investido e da liberação das cartas de crédito.

A compra de uma van pode ser o início da busca de um indivíduo por formas alternativas de renda ou, se for o caso, até mesmo o desenvolvimento de uma nova atividade profissional importante.

Como esse tipo de veículo é versátil e permite múltiplas utilizações, o investimento em aquisições oferece uma relação custo-benefício favorável. Se a pessoa optar por comprar por meio de um consórcio para van, pode se safar dos juros abusivos no financiamento e tem tempo suficiente para planejar e estruturar seus negócios futuros antes de ser cogitado.

Além disso, com aquisições programadas, os consorciados reduzem o impacto dos gastos nas finanças pessoais ou domésticas, pois podem adquirir ativos sem ter que fazer uma grande entrada. Você também gosta dessa ideia? Confira abaixo como trabalhar com transporte escolar e aumentar sua renda com o consórcio para van!

Como funciona um consórcio para van escolar?
Nesse tipo de crédito, a pessoa pode ingressar em um novo grupo ou em um grupo que já está em andamento e selecionar um grupo na opção valor da cota que permita a aquisição de seus bens.

As contribuições mensais de cada pessoa, incluindo um percentual sobre a carta de crédito, formam uma poupança coletiva – um valor que permite que os consorciados pensem.

Mensalmente, a administradora realiza sorteios de cotas – como é chamado o número de identificação de cada participante. A quantidade de pessoas sorteadas é oficializada em contrato, e pelo menos um consorciado ao mês é contemplado.

Além do sorteio, é possível ser contemplado mediante a realização de um lance. Ou seja: é ofertado um valor – que será utilizado como parte do pagamento – e, se ele for o maior, a pessoa recebe sua carta de crédito.

Dicas para quem quer começar a trabalhar com transporte escolar

Tenha um plano de negócios
Ter um plano de negócios é o que pode fazer você se diferenciar das demais empresas quando falamos de trabalho com transporte escolar.

Esse plano deve conter questões como:

Recursos humanos;

Finanças;

Público-alvo;

Principais concorrentes.

Depois de tudo isso definido, você vai conseguir encontrar um objetivo para seu negócio e dar início à sua empresa.

Compre um veículo de qualidade
Para quem deseja utilizar o transporte escolar, é importante ter um veículo moderno que proporcione o conforto e a segurança de seus passageiros. Especialmente porque você passa a maior parte do tempo na estrada e não quer ficar preso a um modelo que tem problemas ou imprevistos.

Se esta condição esbarra em seu orçamento, uma maneira de conseguir comprar um bom veículo é através do consórcio para van.

Essa modalidade de autofinanciamento não exige entrada e nem cobra juros. Claro, a contemplação pode demorar um pouco, mas existem alternativas, como os lances, que podem dar uma ajudinha extra para você pegar logo a carta de crédito.

Liste as escolas que gostaria de atender e entre em contato
Entrar em contato com a escola mais próxima da sua empresa pode ser uma boa opção para começar a usar um ônibus escolar.

Ofereça seus serviços, explique suas diferenças e mostre interesse em aprender sobre a dor que eles têm ao transportar alunos.

Diversifique os canais de comunicação e divulgação
Este é um ponto muito importante ao iniciar na área. Até porque você precisa buscar seu público para dar andamento no negócio.

Por isso, analise e responda às seguintes perguntas:

Qual o perfil da sua clientela?

Onde eles mais buscam informação?

Como chegar até eles?

Com um bom plano de marketing montado é possível usar a comunicação a seu favor.

Contrate um seguro
É claro que não queremos que nada de ruim aconteça, mas é fundamental estar resguardado de qualquer problema.

Por isso, não abra a mão de oferecer segurança a você e aos seus passageiros e busque um seguro para não ter grandes prejuízos.

Dê atenção para o atendimento e relacionamento com os clientes
Quem pretende trabalhar com transporte escolar precisa estar ciente de que terá de lidar tanto com as crianças quanto os pais delas.

Manter um bom relacionamento sem dúvida pode fazer toda a diferença. Escute o que eles têm a dizer e busque sempre oferecer o melhor serviço.

Analisar quando essa modalidade de serviço vale a pena
No caso do transporte escolar, a demanda é uma questão fundamental. Nesse caso, é necessário avaliar se a área em que você mora ou a área mais próxima tem espaço para aceitar tais negócios.

Para fazê-lo funcionar, são necessárias tanto as necessidades dos alunos quanto as propinas para pagar por isso. Só então você pode encontrar um equilíbrio em seu negócio.

Faça seu consórcio para van
O consórcio para van uma forma prática e vantajosa de compra planejada. O principal benefício é que não possui juros nas parcelas – apenas taxa de administração. Com isso, a pessoa sabe exatamente o que está pagando. Afinal, a taxa é informada em contrato e não muda até a última pessoa ser contemplada.

Outra vantagem dessa modalidade é que é possível realizar o parcelamento integral do veículo. Não é preciso dar nenhum valor de entrada, exceto caso a pessoa queira antecipar a liberação do crédito por meio de lance.

Além disso, o consórcio para van é menos burocrático e mais flexível. Se, por exemplo, o consorciado decidir, antes da contemplação, adquirir um crédito de maior valor, ele pode solicitar aumento do crédito.

Com informações da Embracon